Smile like you mean it



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS

8 Response to "Smile like you mean it"

  1. Anónimo Says:
    6 de janeiro de 2010 às 09:38

    Agora com desponilidade, em primeiro lugar quero agradeçer a tua simpatia, e de passagem para o dubai...deixar-te um beijo e desejar um optimo 2010

    Pedro de NY...

    by the way this is my msn: pedroafpereira@hotmail.com...i'm all ways connect in blackberry...:)

  2. André says:
    6 de janeiro de 2010 às 13:20

    vaidade: ver definição aqui
    (porque na minha opinião, não tem nada a ver com a "mãe" deste blog).

  3. JS says:
    6 de janeiro de 2010 às 21:55

    Tu és linda que se farta!!!!!

  4. João Says:
    8 de janeiro de 2010 às 18:31

    Tens uma opinião um bocadinho errada oh André! ;)

  5. Izzie says:
    9 de janeiro de 2010 às 17:12

    quem és joao=)??

  6. as velas ardem ate ao fim says:
    12 de janeiro de 2010 às 23:04

    és uma miuda gira!

    feliz espero que sim ou que o consigas

    bjo

  7. Desinteressado says:
    13 de janeiro de 2010 às 16:51

    Ao pousar a cabeça no braço,
    em cima da mesa, como se te esquecesses
    do mundo, deixando um espaço entre ti
    e o prato de fruta, lembras-me que
    existe um centro, algures, onde
    os movimentos de rotação da vida e
    dos sentimentos se decidem. Por
    vezes, vão em sentidos contrários; e
    talvez seja nisso que pensas,
    enquanto a tarde não acaba, e te
    obriga a sair da mesa para te
    vestires. Mas na sala deserta ficará
    o prato, com a fruta intacta; e
    ao pegar na laranja que não
    quiseste, sinto um sumo de palavras
    escorrer-me por entre os dedos,
    como se a tua voz habitasse
    este vazio.

    ps:estas foram as pequenas palavras que a tua foto me inspirou! espero que gostes?

    beijocas Desinteressadas

  8. Anónimo Says:
    7 de junho de 2010 às 00:26

    " O que mais dói quando se ama alguem é imaginar tudo o que não conseguimos realizar juntos. O que vivemos é um tesouro que nunca se apaga da memória, mas é o que não construímos que nos entristece e mata."

Copyright 2009 Encontra-me...
Free WordPress Themes designed by EZwpthemes
Converted by Theme Craft
Powered by Blogger Templates